SIM, É POSSÍVEL SURFAR NESSA FRIACA…

do surf frio 2.jpg

No outono e no inverno as ondas ficam melhores, em alguns lugares maiores e mais frequentes também. Além disso, as praias ficam mais vazias, com menos banhistas e até menos surfistas disputando as mesmas ondas – mas apenas os fortes aguentam [e tem coragem de] surfar nas baixas temperaturas.

Quer fazer parte desse time? Então aproveite nossas dicas e faça uso das 6 formas de se manter aquecido que separamos para você!

Uma roupa de borracha e os acessórios para o frio já ajudam bastante, mas dá pra se preparar ainda mais!

do surf frio 1.jpg

  1. MANTENHA-SE SELADO!

Sim! Isso faz toda a diferença! Se você tiver uma roupa de borracha que não é selada e deixa a água entrar, esquece! Rapidamente seu corpo ficará frio e surfar poderá se tornar insuportável, mesmo se você for um guerreiro determinado. Garanta que a sua roupa de neoprene está com uma boa selagem e se não estiver, invista em cola de neoprene ou deixe a roupa para consertar. Vale a pena investir em uma boa roupa e em acessórios [botas e luvas] adequados e do tamanho correto – o investimento dura pelo menos 2 anos se bem cuidado, então vale muito a pena!

  1. TOME UM POUCO DE ÁGUA QUENTE

Encha um recipiente [ou uma garrafa grande] com água morna e leve-o para a praia. Será bom para você beber e também para jogar na roupa de borracha e acessórios antes de tirar, irá ajudar a “amolecer” as extremidades frias do corpo. Além disso, levar uma garrafa térmica de café/chá ou outra bebida quentw está autorizado – seu corpo pode se aquecer de dentro pra fora!

  1. BEBA BASTANTE LÍQUIDO

Quem já surfou no frio sabe e não tem vergonha de admitir o poder que o xixi tem de alegrar um dia frio. 99% dos surfistas já fizeram xixi dentro da sua roupa de borracha e ficam agradecidos quando usam de si próprios para se esquentar. Se você nunca experimentou essa maravilha – experimente beber bastante água e cair no mar, depois conta pra gente!

do surf frio 3.jpg

  1. SE TROQUE EM UM LUGAR QUENTE

No frio seu objetivo deve ser tentar manter a temperatura do corpo o mais quente possível durante a maior parte do tempo. Se trocar na porta do carro com o corpo gelado e tentando usar a toalha para se proteger do frio pode quase traumatiza-lo! Por isso, no frio, ligue para os amigos que tem casa na praia, fale com donos de restaurantes e tendas praianas, coloque toalhas no banco do carro para não molhar e vá de John até em casa, ou comece a treinar para se trocar dentro do carro até que se profissionalize em fazê-lo [requer uma habilidade e muita prática].

  1. MANTENHA-SE EM CONSTANTE ATIVIDADE

Não fique sentado no outside como faria em uma session comum. Continue se mexendo, remando, andando, pegue ondas mais arriscadas. O sangue do seu corpo precisa circular e pra isso você precisa se mover para a frequência cardíaca se manter. Aproveite para treinar e melhorar seus movimentos – tem muito menos gente na água!

  1. ESCOLHA O QUE VAI COMER ANTES COM CAUTELA

Pensando na dica acima, para que seu corpo fique quente, ele precisa estar trabalhando. Se você se alimentar com coisas fáceis de digerir, com muita água, como frutas e legumes, a temperatura do seu corpo vai cair. Sendo assim, no frio, permita-se comer mais proteínas, gorduras e carboidratos, compre aquele hambúrguer pré-surf e se quiser até beber uma bebida alcoólica – sem exageros e com o devido intervalo antes de entrar na água você ainda vai se beneficiar do aquecimento instantâneo de um bom xixi.

do surf frio 4.jpg

E aí? Tem coragem de cair na água nesse frio? Saiba que surfar no frio será essencial para que no verão você seja um surfista MUITO melhor, só quem já passou frio na água sabe como pode ser difícil até para os mais experimentes surfar nas baixas temperaturas, mas o quanto faz do verão uma mamata!

Compartilhe esse post com aqueles que só surfam no verão para estimula-los ou para homenagear os corajosos e leais surfistas que topam qualquer desconforto para viver sua paixão!

FONTE:
Surfing Sections

QUER MUDAR O PLANETA? MUDE VOCÊ MESMO PRIMEIRO.

Gentleness” Essa é a mensagem simples e encorajadora de Dave Rastovich para o Mundo.

Pisar leve!

Somos todos visitantes…

Esse [erfil de pessoas apaixonadas que têm gravitado pelo mundo para um estilo de vida mais consciente, a “The Way It Should Be” série conta as histórias desses moradores e sua conexão com a nosso planeta.

Advogando para o meio-ambiente [particularmente os oceanos] e vida marinha Rasta, no vídeo acima, discute a inspiração que ele atrai daqueles que evitam as velhas formas de fazer negócios, ou seja, colocar o lucro acima de tudo, e colocam a humanidade e o planeta em primeiro lugar.

MULHERES & SURFISTAS & SHAPERS & INSPIRADORAS

do surf elas 1.png

do surf elas 2.png

Elas não tem nem 30 anos.
Elas não moram na capital paulistana dos empreendedores.
Elas são mulheres.
Elas são nordestinas.
Elas são negras.
E elas merecem o nosso respeito pra C*r$l@ho

Anne e Tiala são também donas da Congo uma fábrica de pranchas handmade totalmente personalizadas – um modelo de negócio pouco feminino tradicionalmente e pioneiro no Brasil.

do surf elas 5.png

Conheça mais sobre esse projeto de surf feminino nesse vídeo:

O símbolo da marca delas é o transbordar de suas personalidades: um mandacaru que representa força, resistência, luta e também regionalidade. Elas são as únicas mulheres no Brasil [e talvez no mundo] que fazem o processo de concepção e fabricação de pranchas do início ao fim!

do surf elas 7.png

do surf elas 6.png

A ambição dessas surfistas? Fazer a diferença [e dinheiro pra poder ficar mais tempo no mar!].

Elas mudaram suas vidas e transformaram um sonho em realidade por isso, vale o seu tempo e ideias como essa PRECISAM ser compartilhadas.

do surf elas 3.png

Esse vídeo foi gravado por um time que admiramos muito porque conta as histórias que estão escondidas por aí: Inspire & Conte-me!

Se quiser conhecer mais histórias como essa, se liga no Instagram e Facebook deles!
ALOHA mulherada!

do surf elas 4.png

ENTENDA DE UMA VEZ POR TODAS O QUE É UM DIA DE SURF

São em dias de verão, quando temos poucas ondulações entrando, e qualquer micro marola faz agente se locomover por grandes distâncias, que a gente percebe a importância que tem um dia de surf em nossas vidas.

Nós surfistas muita vezes somos julgados pelas nossas decisões, por pessoas que não entendem a falta que faz estar em contato com o mar .

Quem ai nunca ouviu: “Você vai pra praia com esse frio?” “Mas esta chovendo! Deixa essa praia pra lá e fica aqui tomando uma cerveja com a agente!

Mas o que eles não sabem é que apenas duas horas de surf pode trazer muito mais prazer do que uma cerveja. Você acorda no final de semana mais cedo do que durante a semana? Ou acordaria as 4:00 da manhã pra fazer um bate volta e voltar antes do trabalho? De onde vem essa disposição?

australian-surf-training-centre-surf-lessons.jpg

EI SURFISTA DA CIDADE, VAMOS ALONGAR?

Captura de Tela 2017-02-28 às 4.51.45 PM.png

Se você trabalha sentado em uma mesa todos os dias e você planeja surfar no futuro, sugerimos que você faça exercícios para compensar os danos de permanecer muito tempo sentado.

Alongamento e flexibilidade não são sinônimos de diversão para você?! Vai sempre deixar para depois. “Farei isso amanhã. Vou começar segunda-feira.” Isso soa familiar? Bom, está é a realidade: Quanto mais você negligência alongamento, flexibilidade e o movimentos do seu corpo, mais rápido ele vai pedir a conta.

Isso fica ainda mais grave se você trabalhar mais de 8 horas por dia sentado em uma mesa. Você precisa compensar os danos com alongamento, ioga, ou qualquer outro tipo de trabalho de tecidos moles. Mas atenção: fazendo alongamentos de ioga aleatórios não vão ajudá-lo!

ESSE É O DEPOIMENTO DE UM PAI SURFISTA.

Temos um cenário claro quando tudo na sua vida é apenas sobre você, sua prancha e sua vontade de ficar 20 dias jogado em Mentawai… Quem tem um compromisso com o surf vive uma rotina além daquela dos seres humanos normais. Estamos falando de acompanhar o swell, de estar em forma e constantemente na água nas mais diversas condições.

A paternidade chega, e tudo isso pode – e provavelmente vai – mudar.

O surf não permite abandonos temporários e nem “férias” – quando você está fora de forma, você pode até conseguir surfar uma onda decente, ou se conectar com o mar, mas, na maioria das vezes, você ficará com uma sensação de insatisfação, inadequação, e um medo dolorido.

Apesar da certeza de que o novo papai ainda vai surfar e muito, existe um questionamento constante se aquilo tudo poderia ser mais fácil. Como a frequência diminui as experiências se tornam piores: No último final de semana, fui surfar, e me senti ridículo, extremamente ridículo. Eu desejei nunca ter entrado naquele mar… No começo quis culpar o tempo das minhas manobras, os picos imprevisíveis, minha prancha, minha falta de preparo físico… Mas a verdade é muito clara: não tenho mais praticado como costumava. A sensação de inadequação ficou comigo a semana inteira e eu naturalmente fiquei mais irritado que o normal.

Do surf dia dos pais

DESAFIO PARA HOJE: COMEÇAR A SURFAR!

SIM, VOCÊ TAMBÉM PODE SER UM SURFISTA. E É MAIS FÁCIL DO QUE VOCÊ IMAGINA!

Sol, ondas e uma descarga de adrenalina, o que tem para NÃO amar no surf? O esporte não só nos conecta com a natureza, mas também com aqueles com quem dividimos as ondas [com exceções é claro], afinal na água somos todos absolutamente iguais e pouco importa o que você faz ou onde você mora.

do surf eh facil 1.jpg

Os benefícios da prática do esporte vão muito além de uma emoção passageira e um pouco de relaxamento. Estamos falando de um treinamento cardiovascular, do fortalecimento dos ombros e costas e benefícios evolutivos para as pernas. Há quem diga que o surf proporciona o mesmo relaxamento e consciência que a meditação e a mesma adrenalina da corrida e que isso é o que faz do esporte tão único.

Contudo, há uma impressão disseminada que o surf é algo inacessível, que você precisa ter nascido ou ser um local da praia ou que precisa de uma habilidade específica para poder praticar o esporte. E esse post é exatamente sobre a INEXISTÊNCIA dessas barreiras. Aqui tem tudo que um futuro surfista precisa saber:

DECIDA ONDE VAI SURFAR

do surf eh facil0.jpg

Encontre uma praia que você consiga ir e apenas vá, fique na espuma, vá remar mais pro fundo, entre no mar em dias pequenos e dias maiores, se conecte com a imensidão azul e como em todo bom relacionamento inicial – vá visita-lo o máximo que puder, sempre com saudades e muito respeito. A manutenção é mais importante que a conquista.

O SURF PODE SER A SOLUÇÃO PARA OS MAIS DIFERENTES PROBLEMAS!

Ele, por exemplo, usou o surf para sair de uma depressão.

Internado na ala psiquiátrica.
Pensando em suicídio.
Quase morto de fome auto-induzida.
Refém de uma depressão não tratada.
Ansiedade.
Medo.
Ataques compulsivos.

Até a ajuda fazia mal a ele, tudo, absolutamente podia transformar sua dor em algo capaz de fazê-lo enxergar apenas o que tinha de nublado em sua frente.

Dormir não era uma tarefa possível.

Quem poderia imaginar que a depressão viria e viria dessa forma? Que quase o impossibilitaria de continuar vivendo?

do surf salvou 3.jpg

E veio.
Sem frases coerentes.
Sem novas informações para assimilar.
Muitos quilos a menos.
Frequência cardíaca muito baixa.
Miséria.
Vergonha.
Tristeza.
Por que continuar vivo nessas deploráveis condições?
Por que deixar sua família rodeada de tanto sofrimento??

DESCANSAR ESTÁ OFICIALMENTE AUTORIZADO!

Descansar ou relaxar é preciso e você tem que entender o por quê.

Nós não somos nada a favor de confrontos. Acreditamos que você sempre pode contornar aquela pessoa que estava no seu caminho, ou remar para o outro lado e sempre haverá outra onda disponível, mesmo que você seja rabeado.

De toda forma, já falamos por aqui sobre as regras de ouro do convívio dentro da água. Mas, enfim, tem dias que não há como evitar, a gente leva uma pranchada, tromba com alguém, recebe um xingo e nem entende… alguma ruim coisa acontece.

do surf relaxar mais 1.jpg

Mas voltamos a dizer, nenhuma briga na água em um momento onde você precisa de atenção para poder curtir e relaxar deve ser estimulada. Peça desculpas, respire fundo, saia do mar e entre por outro canto, mas não estrague esse sagrado momento.

Se você aprender a fazer isso no mar, ficará fácil realizar o mesmo tipo de serenidade controlada no trânsito, no trabalho e na vida como um todo.

QUER SURFAR? APRENDA OS SEGREDOS DOS PROFISSIONAIS!

Bom, o mundo dos negócios é cheio de artigos e infográficos sobre os hábitos e características do profissionais bem sucedidos, dos empreendedores de sucesso e dos milionários.

Mas como dinheiro não é exatamente o que te dá mais prazer e sim estar em constante contato com o mar decidimos detalhar as 3 características principais de todos os surfistas que realmente aproveitam o mar, são realizados e que se divertem MUITO na água.

do surf 3 caract 3.jpg

CARACTERÍSTICA 1: ELES POSSUEM RESILIÊNCIA

Se você digitar agora mesmo no google o significado de resiliência encontrará as duas opções abaixo:

  1. Propriedade que alguns corpos apresentam de retornar à forma original após terem sido submetidos a uma deformação elástica.
  2. Capacidade de se recobrar facilmente ou se adaptar à má sorte ou às mudanças.

Na prática, um surfista resiliente é aquele que sabe que o mar é o mestre e que terão quedas boas e ruins. Ele entende que tem dias em que ele vai cair mais, que as manobras não vão sair como ele gostaria e que nem sempre as ondas estarão perfeitas como na semana anterior. MAS MESMO ASSIM, ele vai se divertir, valorizar o fato de que treinou sua remada, melhorou seu joelinho, e ficar feliz por pelo menos ter caído no mar.

%d bloggers like this: