10 COISAS QUE TODO SURFISTA INICIANTE DEVERIA SABER ANTES DE TENTAR SURFAR…

Para muita gente surfar é uma paixão e um eterno romance. E pode ser complicado, assim como o amor entre duas pessoas é…

Como em qualquer esporte, é preciso ser paciente, porque para aprender se leva tempo. É preciso trazer consigo uma coordenação motora somada à vontade genuína de aprender com a mesma velocidade que demorou para deixar de engatinhar e começar a andar.

Como em qualquer relacionamento, o cuidado deve ser constante, as declarações devem vir na hora certa, o respeito é imprescindível e sem momentos de união frequente – rapidamente você irá perder tudo que construiu.

Se ainda está em dúvidas de como começar e quer ir preparado para seu grande encontro com o mar… Comece absorvendo as dicas abaixo:

  1. ESCOLHA UMA PRANCHA [MAS REFLITA ANTES DE COMPRAR].

1.jpg

 

O melhor para iniciantes são pranchas maiores [pranchas nos tamanhos 7’5 ou 9’0 variando de acordo com peso e altura do aspirante a surfista], que não necessariamente são de fibra de vidro, chamadas de softboards e que podem ser alugadas em escolinhas e lojas do litoral.

Não recomendamos que você compre uma prancha antes de adquirir uma certa prática pelo simples fato de não ser um equipamento barato e também porque em pouco tempo você conseguirá trocar por outra prancha menor e mais qualificada e terá que vender a anterior por um preço inferior ao que pagou.

Pense que ela deve ser como o primeiro carro: básica e fácil de usar…

  1. PROCURE UMA ESCOLA DE SURF.

2.jpg

Mesmo com seus 32 amigos que surfam e podem ensina-lo(a), é sempre bom pelo menos por um período frequentar uma escolinha de surf [até para não ter que bancar uma prancha antes mesmo de ficar em pé em uma]. Um professor de surf, normalmente tem alguma técnica ou didática interessante para compartilhar e pelo menos tem mais experiência nas diferentes condições daquele mar que seus amigos.

Mas para não cair em um fria [já que cada vez mais escolinhas de surf vem aparecendo por aí], busque opções recomendadas por surfistas profissionais, ou por donos de surf shop e se for possível veja no site do ISA – International Surf Association pra ver se tem alguma para você, os associados, além de possuírem técnicas com padrões mínimos também tem que ter professores capazes de salvar vidas!

E procure respeitar suas preferências para que possa ter frequência nas aulas: escolha um professor do gênero que preferir e, se sentir mais à vontade, faça aulas em grupo.

  1. ECONOMIZE NA PRANCHA E GASTE NA ROUPA…

3.jpg

Nesse primeiro momento, pelo menos, a temperatura da água é o fator mais importante na hora de pensar o que comprar antes de tentar surfar. Se a temperatura da água é quente e você aguenta ficar no mar parado mesmo com um vento forte, o ideal é comprar uma camisetinha de poliéster ou neoprene que apenas proteja sua pele do contato com a parafina que pode machucar bastante. Agora, se você for surfar em águas geladas ou optar por aproveitar o inverno para treinar com mais intensidade, invista em uma boa roupa de borracha de manga longa e calça – se você cuidar direitinho ela poderá durar anos.

Quilhas e leash podem ficar em segundo plano enquanto você está alugando a prancha ou pegando uma emprestada de seus amigos – mas se você for surfar em praias com fundo de pedra ou coral, a recomendação forte é usar um capacete de plástico – pode parecer nerd no começo, mas pode evitar machucados até fatais que vão compensar.

  1. ESCOLHA O LUGAR CORRETO

4.jpg

Pode ser o lugar onde tem uma escolinha, porque esse já é, provavelmente um lugar seguro para treinar. O ideal é selecionar uma praia com fundo de areia, onde não tenha muitas pessoas na água [surfistas ou banhistas] onde as ondas não são tão fortes e onde, normalmente, seus amigos surfistas não curtem muito…. É importante que você aprenda a pegar ondas que não sejam tão fortes e poderosas e que também não sejam tão longas, e vá evoluindo conforme for ganhando confiança para não se frustrar logo de cara.

É bom você não surfar sozinho, mesmo quando já for o mais novo ídolo aquático… é sempre bom garantir que tem alguém por perto. Surfar é um esporte pouco previsível e por isso seus riscos são inúmeros.

  1. PESQUISE TUDO SOBRE O LUGAR ESCOLHIDO

5.jpg

Leia depoimentos de surfistas, assista vídeos, pesquise sobre os horários das marés, os ventos, as fases da lua, o swell, as correntezas, a fauna e a flora e realmente se aprofunde sobre as características do local, isso não só ajudará você a estar preparado para os desafios do mar que escolheu como também ser respeitado pelos locais [que podem ser um problema para muitos iniciantes]. Conhecimento nunca é demais e pode economizar seu tempo e sua energia se consumido da maneira correta.

  1. APRENDA A LER A PREVISÃO DAS ONDAS

6.jpg

E não acredite que isso será rápido, para alguns pode ser como a tabela periódica de química… Vá treinando, faça leituras e compartilhe com seus amigos que entendem mais para ver se acertou e sempre esteja disponível para aprender com alguém novo até que fique claro como fazer. Faz algum tempo que preparamos um post sobre isso, se quiser dar uma lida para começar basta relembrar aqui.

É preciso entender as terminologias das ondulações [swell], diferenciar os que geram ondas fortes e poderosas [groundswell] e mais fracas [windswells].

É preciso relembrar um pouco de geografia e entender sobre norte, sul, leste, oeste, sudeste e noroeste. E por isso, pesquisar tudo sobre o seu pico de treino [como sugerido na dica anterior] é fundamental.

Mas vale avisar que não dá para confiar em apenas uma previsão e é preciso checar mais de uma opção tendo em mente que a natureza não é exata e tentar prevê-la nem sempre é garantia de acerto.

  1. CUIDE DO SEU SHAPE…

7.jpg

E não estamos falando da prancha, nesse caso… É preciso estar em boas condições físicas para praticar esse esporte e se você verificar o treino dos profissionais é sempre algo complexo como um mix de natação, lutas, mergulho e até esportes diferenciados como golf.

Claro que você não precisa de nenhum extremo por hora. E se exagerar no começo pode se machucar ou mesmo ficar traumatizado. Contudo, é preciso entender que o surf é um esporte para o corpo inteiro, com especial valor para os braços e ombros que precisam estar alongados e treinados para a remada e também para as pernas que irão ajuda-lo a ficar e se manter de pé.

Equilíbrio é fundamental e todo e qualquer exercício de equilíbrio, feito em casa, na academia, no parque ou na praia é bem vindo!

Skate e snowboarding são boas alternativas para quem pode e não gosta de treinar – e além de possuírem movimentos similares aos praticados na água irão prepara-lo para as inúmeras quedas que o e surf naturalmente oferece.

Quando for fazer exercícios de drop [ou burpees], veja com qual perna você apoia e se equilibra e a partir dessa descoberta você poderá descobrir se você é um surfista regular [perna direita para trás e esquerda como equilíbrio na frente] ou goofy [perna esquerda para trás].

  1. NÃO PULE ETAPAS…

8.jpg

Tenha paciência, curta cada aprendizado de maneira zen. Entenda sua prancha, aprenda a colocar as quilhas, o leash, crie uma rotina de alongamentos bacana, experimente prestar atenção no seu corpo enquanto rema, a deixar a mão em formato de concha, a curtir os poucos segundos em que ficou de pé e fique atento no drop, para executá-lo cada vez mais rápido. Separamos algumas dicas para você treinar [e curtir!] mesmo quando estiver longe da praia:

  1. APRENDA A OBSERVAR…

1.jpg

Observe surfistas, observe banhistas, observe todos os personagens que estão na água e busque alternativas seguras. Descubra onde fica o salva vidas e veja onde tem mais ou menos surfistas e evite cruzar o caminho deles para não levar uma pranchada na cabeça enquanto tenta chegar no fundo. A observação é fundamental, mesmo para o surfista profissional que precisa saber ler as ondas com mais potencial e escolhê-las durante o campeonato.

Observe o mar, veja como os surfistas se movimentam, como remam, como levantam, como manobram, e se puder e quiser anote, são aulas ao vivo!

  1. RESPEITE PARA SER RESPEITADO

2.jpg

Postamos aqui algumas dicas para um bom convivo dentro d’água e reforçaremos esses cuidados sempre que possível.

Mesmo que o surf seja um esporte individual, existe uma comunidade de surfistas que respeitam um código de conduta que infelizmente não está escrito nas areias das praias.

Falamos de respeito, atenção e educação, mas também podemos considerar essa conduta como uma forma de previnir acidentes – equilibre simpatia com responsabilidade e você não terá muitos problemas.

Nos vemos no outside!

FONTE:
Adventure 

 

  8 comments for “10 COISAS QUE TODO SURFISTA INICIANTE DEVERIA SABER ANTES DE TENTAR SURFAR…

Go For It!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: