VIAJAR É INCRÍVEL. VOAR NEM TANTO.

foto 1 - Dosurf: viajar é incrivel, voar nem tanto.png

Vamos explicar: Viajar, muitas vezes, significa explorar destinos desconhecidos, conhecer novas pessoas e culturas, provar alimentos locais muitas vezes esquisitos, mas sempre interessantes no que diz respeito à novas experiências. Para nós, surfistas, além de tudo isso, conhecer novas ondas, de preferência perfeitas, e se possível em praias desertas.

Mas para chegar até essas ondas o caminho é difícil, principalmente para nós brasileiros: estamos falando de voos longos que são necessários para chegar até os paraísos que estão espalhados por aí.

Agradecemos aos seres humanos desenvolveram os aviões que sobem através do céu, e nos permitiram “voar” para nos levar até nosso destino mais rápido do que qualquer outra forma de transporte. Sem eles seria impossível conhecer lugares como a Indonésia, por exemplo, mas a forma como é feito esse processo é o que estamos discutindo: assentos muitas vezes desconfortáveis e apertados, pouca comida, taxas de bagagem abusivas [principalmente de pranchas que em algumas companhias pode chegar até USD 200 (dólares) para uma capa com até 3 pranchas]

Regras aparentemente arbitrárias como quantidade de líquido em recipientes, a necessidade de tirar laptop das mochilas ou bolsas, cintos e até sapatos tornam o processo ainda mais difícil

Além de tudo isso, com a segurança ficando mais rigorosa por causa de incidentes com aviões os atrasos tem cada vez ficado mais frequentes.

Tudo bem que hoje contamos com aviões modernos, com TV, carregador de celular e computador e alguns até com wi-fi, mas já passou da hora para as companhias criarem um espaço em comum, como existem nos trens que cruzam a Europa [bar vagão] para poder ficar um pouco de pé durante o voo e sair do confinamento das poltronas desconfortáveis.

foto 2 - Dosurf: viajar é incrivel, voar nem tanto.jpeg

Sabemos que esse é um sonho quase que inviável, pois cada vez mais as companhias aéreas tem tudo mais prejuízos e fazem promoções incríveis para se salvar: tais como, ir para indonésia por 500 dólares. [Sim, isso existiu e não faz muito tempo!]

Mas na verdade isso é apenas um desabafo, por que para pegar ondas perfeitas, vamos continuar viajando quantas horas precisarem e passaremos por qualquer desconforto possível, pois sabemos que tudo vale a pena para quem sabe pegarmos a onda da nossa vida

Contudo, deixamos aqui o desafio: Será que alguma cia aérea vai topar o desafio e fazer diferente? Ou será que faremos uma cia aérea especializada em surftrips? E aí? Qual sua aposta?

  2 comments for “VIAJAR É INCRÍVEL. VOAR NEM TANTO.

Go For It!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

%d bloggers like this: