5 SURFISTAS BRASILEIRAS QUE VOCÊ PRECISA CONHECER

O surf feminino no Brasil precisa de suporte e por isso é chegada a hora de aplaudir e compartilhar nossas atuais representantes! Infelizmente, quando digitamos no Google surfistas brasileiras, só vemos informações sobre sua aparência física e que ensaio fotográfico fizeram.

Queremos mostrar e falar sobre sua habilidade de enfrentar o mar e sua imponência com a garra que só a brasileira tem!

do surf surfistas mulheres.jpg

 

Caso conheça mais mulheres que precisam ser vistas, escreva para contato@equipedosurf.com que ficaremos honrados de compartilhar suas histórias.

Desde que Margot Rittscher subiu numa “tábua havaiana” no litoral de Santos e se tornou a primeira mulher a surfar no Brasil em 1936, muita água rolou nos mares brasileiros. O ambiente ainda é predominantemente masculino – segundo a Associação Brasileira de Surf Profissional, o número de homens que surfam profissionalmente no país (cerca de 350) é mais de dez vezes maior do que o de mulheres (32).

A ideia é fazer barulho junto com nossas parceiras do Hina Aloha para que o esporte ganhe mais incentive e destaque e mulheres possam quem sabe viver do surf!

SILVANA LIMA

 

do surf 5 surfistas brasileiras silvana lima.jpg

Silvana acabou de completar 32 anos de muita luta! o/

A escorpiana e cearense é dona de um surf moderno com manobras plásticas e agressivas e base regular, com 7 anos já deslizava sobre as ondas por morar em frente ao mar e por influência e incentivo de seus dois irmãos mais velhos e surfistas.

Silvana tem muita dificuldade financeira e constantemente reclama da ausência de patrocínios [com razão!]. Mesmo sendo uma surfista de primeira linha e fazer parte da elite desde 2003, e ter sido nota dez em beach breaks Australianos, não tem o reconhecimento e a tranquilidade que merece para poder aprimorar seu surf.

Silvana já vendeu carro e apartamento para continuar competindo.

Silvana também já foi duas vezes vice-campeã mundial, perdendo apenas para a consagrada Stephanie Gilmore e já venceu o rompimento dos ligamentos cruzados dos dois joelhos para continuar a surfar. Batalhadora e com orgulho!

Recentemente a brasileira Silvana Lima é a primeira vencedora da nova etapa do QS 6000 Feminino, o Sydney International Women’s Pro Champion, encerrado neste domingo [6/11] com ondas de até 1 metro em Cronulla Beach, Austrália. Com a vitória, Silvana está  definitivamente de volta à elite feminina do CT em 2017.

Na final, contra a australiana Philippa Anderson, Silvana conseguiu garimpar boas ondas em meio às condições difíceis do mar, para vencer por 11.30 a 8.60 pontos.

Não consigo acreditar! Isto é incrível. Eu estava confiante neste evento e minhas pranchas estavam ótimas. Acho que isto me ajudou. Vencer este evento me traz mesmo sentimento de ter vencido em Bells Beach. Estou pronta para voltar ao CT, com certeza”, afirmou a surfista

[Informações via tudo pelo surf – noticias atualizadas de todos os campeonatos!]

MAYA GABEIRA

do surf 5 surfistas brasileiras maya gabeira.jpg

Fenômeno de coragem deveria ser seu apelido. Maya Gabeira, carioca de apenas 29 anos, é uma titã das ondas gigantes e mostra que quando se tem paixão, não há medo. Já ganhou troféus ao redor do mundo e venceu por cinco vezes um dos maiores prêmios globais de ondas grandes.

Maya é uma big rider de mão cheia que suporta as bombas mais pesadas do planeta: Puerto Escondido, Teahupoo e Nazaré. Chegou a se machucar e nem por isso deixou de surfar, passou pelo processo de recuperação e vem deixando todos ansiosos para ver sua próxima aventura!

ATALANTA BATISTA

 

do surf 5 surfistas brasileiras atalanta batista.jpg

Atalanta é mais uma guerreira dessa coleção, hoje tetracampeã brasileira e bicampeã sul-americana de long board, em 25 anos e é acostumada com a luta, desde cedo.

De origem humilde já gostava do mar, antes mesmo de começar a surfar. Observava as ondas de Maracaípe e seus irmãos surfistas, até que se arriscou e se mostrou um talento. Hoje ela usa o surf e o que conheceu do mundo enquanto viajava, como ferramenta para lutar contra violência e uso de drogas dos jovens e adolescentes brasileiros.

Atalanta é uma grande surfista de longboard, e também é mãe de gêmeos que já nasceram apaixonados pelo surf, naturalmente. Vai ver que a paixão dos meninos veio da barriga, já que nem grávida Atalanta parou de surfar, rs.

CLAUDINHA GONÇALVES

do surf 5 surfistas brasileiras claudinha gonçalves.jpg

 

Menina do Guarujá que surfa desde os 4 anos, hoje com 31, briga muito pelo espaço do surf feminino no Brasil. Usa sua imagem, inteligência e capacidade jornalística para contar histórias sobre o surf feminino pelo mundo em canais de televisão sempre ajudando a ampliar o alcance da mulherada em cima das pranchas.

Claudinha fala muito sobre o fim do circuito nacional Super Surf, que fez com que muitas meninas ficassem desempregadas. Meninas que tiveram suas carreiras interrompidas com 17, 18 anos, logo no início de suas jornadas, perdendo a chance de conseguir apoio e brigar pelo mundial.

Claudinha Gonçalves se orgulha em dizer que surfa com agressividade da mesma forma que mostra toda sua feminilidade fora da água. Ninguém precisa ser uma única coisa, e ela é a prova viva disso. Claudinha vence os estereótipos e preconceitos com sua habilidade na água e sua paixão.

Quer saber sobre a Claudinha? Acesse o conteúdo das nossas parceiras do Hina Aloha, clicando aqui.

TATIANA WESTON-WEBB

do surf 5 surfistas brasileiras tatiana weston web.jpg

Se ela nasceu na capital gaúcha, ela é brasileira. Apesar de ter sido criada na ilha de Kauai, no Havaí o nome Tatiana e seu amor pelo Brasil não nos engana. A jovem de 20 anos é filha de uma bobyboarder e de um surfista e hoje faz parte da elite mundial, já que desde cedo se acostumou com os perigosos tubos havaianos.

Estava na praia todos os dias, começou a surfar com 8 anos e hoje está em oitavo lugar no ranking mundial. Se diz fã do grandioso Andy Irons, nomeia Teahupoo como uma de suas ondas favoritas e sonha com um título mundial.

Tatiana diz que o surf representa quase tudo em sua vida: seus sonhos, trabalho duro, dedicação, paixão e vontade. Seu amor pelo esporte fez dela uma pessoa grata e abençoada. Alguém duvida?

 

Então tá aqui, 5 inspirações, mulheres, guerreiras, com estilos distintos para que fique claro que o esporte não tem regras limitantes e para que você, surfista que nos lê, não deixe sua paixão em segundo plano. E quando precisar de inspiração salgada, confira nossas redes sociais Facebook, Twitter e Instagram e não deixe de conferir as novidades das nossas parceiras Hina Aloha.

  4 comments for “5 SURFISTAS BRASILEIRAS QUE VOCÊ PRECISA CONHECER

Go For It!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: