COMO A MEDITAÇÃO FOI CAPAZ DE SALVAR UM SURFISTA

A meditação ficou famosa nos últimos anos. Mindfulness passou a ser uma palavra cada vez mais frequente nas nossa vidas não foi!?

O que talvez você não saiba é o quanto a prática pode influenciar a sua vida, e nesse caso – o seu surf!

Pra explicar melhor, vamos contar a história de um surfista que começou a se encantar pelo mar na tentativa de conquistar uma garota e acabou se apaixonando pela sinuosidade das ondas. A paixão pela menina passou, mas sua fixação quase doentia pela possibilidade de surfar por mais tempo, manobrar mais, e pegar ondas maiores e mais difíceis, não.

Se você o visse surfando não diria que ele é o mais habilidoso, mas concordaria em dizer que ele era o mais feliz.

do surf meditacao.jpg

Ele, como a maioria de nós, começou a surfar mais, com mais frequência e foi se acostumando com o mar, aprendendo a cair e se sentindo cada vez mais confiante para encarar novos desafios.

Até que, surfando uma onda considerada extremamente perigosa, tomou um vaca sinistra, VERDADEIRAMENTE sinistra que o fez pensar que iria morrer, e viu a vida inteira passar pelo seus olhos.

do surf meditacao 2.jpg

Isso já aconteceu pelo menos 1 vez na vida de cada surfista que surfa há mais de 5 anos, com certeza.

Nós já ouvimos algumas histórias terríveis de pessoas que sofreram acidentes no mar e morreram mais rápido por conta do pânico e que teriam uma chance melhor se tivessem permanecido calmos. Sem nem ao menos saber descrever o que aconteceu, o nosso protagonista saiu da água, enjoado, exausto e incapaz de se comunicar por um tempo, enquanto se recuperava.

Ele se traumatizou.

E agora, quando mais precisava do surf como válvula de escape, não conseguia nem se imaginar surfando novamente. Só a ideia de entrar na água de novo, já o deixava aterrorizado.

Foi nesse momento que encontrou a meditação como alternativa. Começou com um desafio possível: 10 minutos de meditação por 10 dias.

[Existem muitos mitos sobre a meditação: a crença de que você tem que esvaziar 100% sua mente [como se isso fosse possível], a forçação de barra que exige que você fique longas horas dentro desse estado, sendo que 10 minutos por dia já irão fazer uma baita diferença, a exigência de que você deve fazer isso sentado, e por aí vai…]

Os dez primeiros dias se passaram e ele continuou meditando. Já tinha quebrado uma primeira barreira dos primeiros dias onde parecia impossível alcançar algum estado, tudo estava parecendo levemente melhor. Os problemas ainda eram os mesmos, mas sua reação já era bem diferente.

Era hora de voltar a surfar. Então em um dia comum, pegou sua prancha e foi para o mar. Ele estava bem ansioso, as condições climáticas não estavam boas, e o mar estava até bem mais mexido do que deveria.

Quando entrou no mar se sentiu bem desconfortável, mas foi quando escutou uma vozinha dentro de si que dizia: “Respire fundo, você consegue. a mesma vozinha que surgia quando ele percebia que tinha se perdido em pensamentos e ideias na tentativa de meditar.

do surf meditacao 3.jpg

Pela primeira vez no outside ele estava inteiro, focando em sua respiração e pensando no momento presente. Se sentiu grato por ter voltado a surfar, e foi só dar o primeiro joelinho que substituiu o medo das ondas pela gratidão de se sentir acariciado por elas. Ele estava bem de novo.

Sua mente estava mais tranquila do que nunca, mas ao mesmo tempo muito mais bem preparada para a arte de encarar das águas salgadas. Foi um dia bom de surf, de ondas boas, de boas escolhas.

Em um momento específico, quando viu uma craca se formar na sua frente, a lembrança da queda sinistra retornou. Ele se sentiu inseguro, teve medo e viu seu corpo começar a se mexer involuntariamente.

Ele respirou fundo e voltou para os dias de meditação e se lembrou de como foi ruim ficar sem surfar. E naquele momento, onde ele podia entrar em pânico ou só se concentrar em furar a onda – ele encontrou a sua paz.

O surf é um empreendimento da alma. Precisamos de alma para surfar, porque o surf preenche a nossa alma.

Prepare o seu corpo para o surf, mas não deixe também de treinar sua mente.

Foram 2 anos de batalha, mas hoje não lhe falta alma, nem dentro e nem fora da água.

FONTE

  6 comments for “COMO A MEDITAÇÃO FOI CAPAZ DE SALVAR UM SURFISTA

  1. 8 de Abril de 2017 às 22:04

    Nossa… Respirei fundo agora, como se eu estivesse sem ar… E respirei aliviada quando terminei de ler e vi que ele venceu a si próprio! Excelente essa experiência! 👏🙏🙌👍

    Gostar

Go For It!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: