E SE VOCÊ PUDESSE SER INICIANTE QUE PARECE PRO NO SURF?

Sim! É possível parecer “menos” iniciante evitando erros bobos que vão fazer as pessoas não deixarem você pegar as melhores ondas no lineup!

A evolução nos dá uma sensação importante de satisfação, e quanto mais conquistas alcançamos mais nos iludimos com aquela certeza de que sabemos tudo. É assim na vida e é assim no surf.

1.jpg

O problema nos dois casos é que quando paramos de querer aprender naturalmente fazemos tudo de uma maneira pior do que faríamos se estivéssemos dispostos a ouvir o que uma pessoa te fora tem a dizer ou a ensinar.

Errar faz parte da vida, afinal você só anda hoje porque já engatinhou muito até ter a confiança de colocar um pé na frente do outro e equilibrar todos os seus quilos em duas superfícies de 30 a 40 centímetros. E se você, surfa, você deve se lembrar o quanto ficar de pé em um pedaço de fibra que se movimenta de acordo com a sinuosa superfície marinha é desafiador.

Quem surfa sabe que entramos no mar com a prancha do nosso lado, depois deitamos nela, remamos com força, esperamos a onda quebrar, furamos a onda com um joelinho, largamos a prancha porque não vai dar para furar… é um processo de observação, erros e acertos que existe na vida do surfista amador e também do profissional sem diferenças!

Por essas e outras, separamos aqui alguns erros bobos e comuns que fazem você parecer um iniciante no surf. Se você lembrar de alguém que poderia se beneficiar com essas dicas, basta clicar no ícone do Facebook ou Twitter no final desse artigo e compartilhar!

22.jpg

Surfar sem leash [cordinha]

Cara, o mar é uma parada sinistra. Muitas vezes você não dá nada pela onda e ela vem com tudo, ou ás vezes você tem certeza de que vai dropar e escorrega e o mesmo mar pode receber diferentes ondulações e ser modificado pelos ventos e surpreender até mesmo o caiçara mais frequente do pico. O leash não foi inventado à toa e se fosse um acessório opcional não teria um conector em todas as pranchas. PRECISA usar. Não só para o seu conforto de não ter que ficar nadando pra achar a sua prancha que foi levada, como também para que ela não machuque ninguém que nada tem a ver com sua falta de noção. Lembre-se também de colocar o leash no pé que fica na parte de trás quando você está surfando para não atrapalhar você e nem queimar seu filme, jovem!

33.jpg

Não respeitar o frio alheio

Mesmo no Brasil, a água pode ficar bem gelada e no inverno surfar se torna um desafio ainda mais complicado do que é normalmente. Por isso, se aquecer para, não só evitar um resfriado como também uma lesão, é muito importante. Investir em uma prancha é tão importante quanto em uma roupa de borracha. Até porque entrar na água gelada, com um vento demoníaco sem a proteção adequada não é sinônimo de coragem e sim de amadorismo [o mesmo vale no que diz respeito a se proteger de uma queimadura solar ou um câncer de pele no verão]

44.jpg

O line up existe por um motivo que você não deve ignorar

E não faz sentido você simplesmente ficar no extremo outside muito antes da formação das ondas, ou no inside sem ter a intenção de surfar a espuma. Claro que é bom respeitar o espaço de cada surfista, mas é importante para sua evolução aprender a se posicionar para esperar as ondas no lugar adequado.

Fique atento a remada maluca do velho oeste

Sabemos que sua vó já dizia que tudo em excesso faz mal… E esse aprendizado vale também para a sua remada [em todas as suas expressões]:

  • Remando para entrar no mar? Use apenas um braço e não se afobe querendo usar os dois.
  • Remando e vem um surfista manobrando na onda? Espere ele passar e continue sua remada, se necessário pare e espere.
  • Remando para pegar uma onda? Use a explosão, mas não continue insistindo depois que ela passar…
  • Começou a remar e alguém [que está a mais tempo que você esperando] começou também? Pare e respeite a prioridade, isso pode, em muitos casos – salvar sua vida!

55.jpg

Não esqueça da amiga parafina

Ela também não foi inventada para derreter ou para irritar sua pele. Ela ajuda a criar aderência e te ajuda a se manter de pé na prancha e é sempre bom reforçar a parafina em cada dia de surfe e algumas vezes em cada queda. Não lembrar dela pode fazer você escorregar nas melhores ondas e prejudicar o seu surf e de quem mais estiver na água.

Drop é bom e eu gosto!

No seu processo de evolução você aprendeu a ficar de pé mais rápido do que aprendeu a lógica de dropar, e por isso esse movimento sempre merecerá sua atenção. Nada vai atrapalhar mais o seu surf do que dropar errado, com a posição inadequada, usando joelhos, fazendo mais do que dois movimentos e ainda há um risco real de você se lesionar, por isso invista seu tempo em melhorar seu drop – Relembre aqui alguns exercícios.

Cuidado com o enigma das quilhas

Sim, existem aqueles malucos que surfam sem quilhas, mas por mais que não pareça: isso requer uma habilidade surreal! Se você ainda está aprendendo ou quer surfar com outras pessoas aprenda a colocar suas quilhas, a leva-las da maneira correta e principalmente, não vá em um ato desatento coloca-las ao contrário.

Captura de Tela 2016-08-28 às 22.27.06.png

E aí? Lembrou de alguém que merece ler esse texto? Ou entendeu de uma vez por todas que a melhoria é contínua e não existe sucesso pleno e absoluto AINDA MAIS quando estamos falando da natureza e suas regras únicas?

Vamos remando, sempre em frente, e se for preciso, largamos a prancha pra deixar a onda passar e depois puxamos sempre de volta… ALOHA!

Go For It!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: