JÁ SABE ONDE VAI SURFAR NO FINAL DO ANO?!

Você quer surfar? Você pode! Existe surf, como existe água, e como existe vento – em todo lugar!

Tem para todos os gostos e tem de todos os tamanhos. Tem mar transparente e cidade paradisíaca e tem mar mais escuro, menos esverdeado e centro históricos. Tem de tudo um pouco e não falta beleza.

Separamos as 22 melhores ilhas de surf do mundo para você decidir em qual quer fazer sua busca e já começar as economias. São opções realmente não óbvias e algumas até diferentes do que vemos no campeonato profissional.

  1. Bali, Indonésia

Captura de Tela 2016-04-29 às 14.35.30.png

Muitos dizem que é o lugar com as melhores ondas do mundo. Desde 1970 vem recebendo surfistas que buscam a perfeição das ondulações e acabam se encantando pela simplicidade e graça da cultura Hindu.

  1. Tavarua, Fiji

Tavarua fiji

É uma das ilhas tropicais mais bonitas do mundo, hoje, já possui acomodações mais luxuosas especiais para surfistas, que são guiados para as ondas mais perfeitas e tratados de maneira calorosa.

  1. Thanburudhoo, Maldivas

Thanburudhoo Maldivas

Uma ilha banhada pelo oceano índico virou uma opção para os surfistas que gostam de ir mar adentro em busca das melhores ondas – que abrem para os dois lados. Uma ilha que antes era uma opção pouco conhecida e secreta para alguns privilegiados tornou-se uma das opções favoritas de diferentes surfistas, a falta de controle se tornou tão grande que os ministérios de Maldivas já está prevendo transformar em uma espécie de boutique para surfistas se hospedarem e irem surfar.

  1. Oahu, Hawaii.

Hawaii2013_031_Bunker_201213

São décadas e décadas de muito surf e competições. Oahu é palco de descobertas e evoluções relacionadas direta ou indiretamente com o esporte e é definitivamente um lugar que você precisar visitar antes de morrer, se possível no período de Novembro a Março, onde você pode escolher qual paraíso e qual tamanho de onda quer encarar.

  1. Siargao, Filipinas

Siargao, Philipines

Hoje é um dos destinos de surf mais populares da Ásia e talvez por ser próximo de picos famosos e conhecidos por surfistas foi tomado pelo crowd. O motivo do excesso de surfistas no local se justifica pelos tubos de direita imperdíveis.

  1. Lanzarote, Ilhas Canárias, Espanha.

Lanzarote Espanha

A verdade é que existe Hawaii no mundo inteiro – risos. E as ilhas canárias, conhecidas como o Hawaii da Europa recebem o swell no inverno [dos Estados Unidos] e oferece águas quentes e ondas poderosas. Possui uma paisagem no mínimo emocionante com mar azul e muitas opções para se hospedar e comer. Vale a pena ficar esperto com os locais que são conhecidos por alguns episódios agressivos.

  1. Barbados

Barbados

É uma excelente opção para surfistas, com swell e ventos bem consistentes evitando surpresas negativas durante a sua trip, dá pra surfar todos os dias e se algo der errado e o mar ficar flat, lugares muito próximos podem acabar com seus problemas. Vantagens que vale destacar? Tem acomodações próximas as ondas para todos os bolsos.

  1. Santa Catarina, Brazil

Captura de Tela 2016-04-29 às 14.43.42.png

Ondas de qualidade e uma vibe bem diferente das grandes metrópoles como Rio de Janeiro e São Paulo é uma boa opção para nós brasileiros e para gringaiada próxima: Argentinos e Uruguaios também. Março a Abril e Setembro a Outubro são meses interessantes para viajar para lá, mas ondas de diferentes tamanhos estão disponíveis o ano inteiro. Considerado um lugar seguro para se estar com bons restaurantes e opções noturnas para quem gosta.

  1. Ilhas Reunião, França

Ilhas Reunião

Faz parte da lista de lugares imperdíveis de muitos surfistas, com esquerdas perfeitas e um pouco de tudo para garantir boas memórias de sua surftrip que deve ser planejada entre Abril e Outubro, contudo é importante ter em mente que é um dos habitantes frequentes da ilha são tubarões gigantes que já mataram 5 pessoas em 2012, tem que ter coragem!

  1. Hispaniola, República Dominicana

Hispaniola, Republica Dominicana

De todo o mar do caribe Hispaniola é a zona mais rica para os surfistas por ser abençoada por uma quantidade valiosa de ondas. No meio da República Dominicana e o Haiti recebe swell constante e visitantes do mundo inteiro.

  1. North Island, Nova Zelândia

North Island, Nova Zelandia

Tem tanta onda que apesar de popular, não tem crowd e ainda tem locais amigáveis que topam compartilhar as águas do Pacífico. O lifestyle é característico e oferece uma sensação de relaxamento tão genuína que deixa muitos turistas apaixonados não querendo voltar para casa.

  1. Moorea, Polinésia Francesa

Moorea, Polinesia Francesa

Apesar de próxima do Tahiti, oferece ondas menores e nunca recebeu campeonatos, mas tem hotéis com sabor francês que valem a viagem, principalmente para iniciantes que se derem sorte e pegarem o swell correto podem se deliciar nos reef breaks e pegar seus primeiros tubos. É muito importante ler muito sobre esse pico antes de marcar sua viagem para evitar que falta de conhecimento coloque você em situações constrangedoras com os locais e suas regras peculiares.

  1. New Caledonia

New Caledonia

Rodeada por uma expressiva barreira de coral, no meio do Sul do Pacífico é parte do território francês e possui um difícil acesso além de um custo alto, mas é uma opção para aqueles que querem contemplar um dos mares mais bem cuidados do mundo e surfar em um dos melhores reef breaks disponíveis que recebe o mesmo swell de Fiji.

  1. Taiwan, China

Taiwan, China

Cada vez mais popular internacionalmente a ilha já é preparada para receber os amantes do surf, possui inúmeras opções de hotéis [para todos os bolsos], restaurantes e lojas de equipamentos de surf. A melhor época para conhecer a costa Chinesa vai de Julho a Outubro.

  1. Karangmadjet, Indonésia

Karangmadjet, Indonesia

É uma pequena ilha no meio do arquipélago de Mentawai, mas que tem corais abençoados com uma das melhores ondas da Indonésia, com tubos longos e perfeitos que se formam em pelo menos duas condições e ventos distintos.

  1. Jeju, Coréia do Norte

Jeju, Coreia do Norte

Chamado também de Hawaii da Coréia recebe cerca de 1 milhão de visitantes todos os anos e costuma receber também um swell interessante por conta de um tufão que se movimenta do norte ao sul da ilha periodicamente. Além disso é uma locação popular para gravação de novelas [mesmo que isso não importe muito… rs]

  1. São Tomé, Golfo da Guiné

Nathan Florence

Uma ilha banhada pelo oceano atlântico e colonizada por Portugueses, está estabelecida ao redor de um antigo e extinto vulcão. Apenas recentemente passou a ser visitada, depois de conquistar sua independência, por muitos surfistas e também aventureiros que gostam de escalar.

  1. Diu, Índia

Diu India

Uma descoberta recente dos surfistas onde há beach e reefbreaks, swell frequente e pouco crowd. Além disso oferece um centro histórico riquíssimo para quem curte.

  1. Hainan, China

china.jpg

Localizada na parte sudeste da China, abaixo do Hong Kong recebem o swell de Outubro a Março nas praias para diferentes preferencias com fundo de coral e também de areia. Por mais que sua popularidade não seja algo representativo, possui ondas de qualidade e já sediou eventos de surf profissional femininos internacionais.

  1. Sicília, Itália

Santa Catarina

No coração do Mediterrâneo fica a ilhazinha heterogênea que tem por característica seu acervo infinito de serviços de hotelaria e alimentação para turistas que atendem aos mais diversos gostos. É reconhecida por suas praias com fundo de pedra e corais com ondas bem formadas, swell constante e também por locais amigáveis que recebem calorosamente os poucos visitantes principalmente no Outono e também no Inverno.

  1. Fernando de Noronha, Brazil

Fernando de Noronha

Ilha paradisíaca localizada há mais ou menos 350km da costa Brasileira. Uma boa época para organizar sua surftrip é de Dezembro a Março que é quando a ilha recebe as melhores ondas. E se os dias estiverem flat, é possível curtir a fauna e flora impressionantes da ilha ou só se conectar com mar em águas 100% cristalinas.

  1. Austrália

Australia

Decidimos não falar muito sobre a Australia, e só aplaudir. Quantos brasileiros não voltaram apaixonados de seus intercâmbios e com habilidades básicas para surfar pelo Brasil? A coisa ali é definitivamente mágica! Não é atoa que 3 etapas do circuito mundial acontecem no pico, são ondas de primeira linha para todos os gostos.

Ficou até mais fácil agradar seus acompanhantes de viagem agora não é? Agora é só escolher seu lugar favorito, estudar bastante o pico [até porque alguns deles tem sido noticiados com ataques de tubarão] e organizar sua surftrip – lembre-se do que você não pode esquecer na hora de fazer as malas

Nós vemos pelo mundo!

Go For It!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: