Categoria: CAMINHOS SALGADOS

As histórias de quem já vive para água farão você entender melhor as motivações dos praticantes e o que os levou a trilhar seus respectivos caminhos salgados, seja para fazer do surf uma rotina, um lifestyle ou uma profissão.

UMA HISTÓRIA SALGADA E INSPIRADORA PARA O SEU DOMINGO!

Ela tem 38 anos, é surfista e mãe solteira de uma menina de 9 anos e sonha com as viagens que ainda vai fazer pelo mundo. Ela questiona os modelos tradicionais de educação e compartilha seus valores na internet.

5.jpg

Marilia Di Cesare é uma mãe viajante, que está sem viajar por um tempo, mas já fez muito e deixou um legado que vale a pena ser visto.

4.jpg

A proposta é inspirar os pais a fazerem de sua vida um exemplo prático de como viver apaixonadamente para seus filhos. O que mais podemos querer além do que a vida já nos oferece? Natureza, felicidade, saúde e uma educação realmente RELEVANTE para nossas crianças?!

3.jpg

Marilia nos faz refletir sobre a efetividade das escolas e flertar com a possibilidade de aprender com o mundo e seus recursos para fazer a diferença.

Durante muito tempo ela viajou com sua pequena pelo mundo, onde ambas aprenderam outras línguas e interagiram com outras culturas enquanto ela se sustentava trabalhando como tradutora e professora online. Além de conhecer o mundo e suas nuances desde cedo, a filha de Marilia passava o dia em contato com a natureza e as duas faziam exercícios todos os dias. Ela encontrou uma maneira única de criar sua filha e buscou desde sempre um modelo de trabalho que oferecesse a ela tempo suficiente para estar com sua cria.

Mostrar as diferenças entre pessoas e espaços, ensinar respeito e cortesia, estimular a curiosidade, apresentar a grandeza e diversidade da natureza, e compartilhar doses diárias de disciplina parece uma boa maneira de educar seus filhos? Nos parece uma excelente maneira de entregar um soldado para o mundo que está preparado para transformá-lo por inteiro e inspirar quem estiver por perto.

1.jpg

Não existe nenhum esforço mais poderoso e capaz de salvar o mundo do que transformar o jeito como criamos nossos filhos” Marianne Williamson

Feliz dia das mães!

Elas são tão sábias quanto o mar. Com a mesma força de uma onda elas são capazes de enfrentar o mundo para não nos deixar cair. E na vida são a prancha que precisamos para nos equilibrar e nos conduzir sempre nos caminhos corretos. 

Assim como a natureza elas se diferenciam por sua forma única de amar e educar. Nossa sugestão de hoje portanto é: agradeça à ela tanto pelos caldos que ajudou você a evitar quanto pelo carinho e colo que ofereceu depois de cada um dos quais você precisou viver para poder aprender.

2.jpg

3 FILHOS E 1 PAIXÃO: O SURF!

Ela é mãe solteira.

Não de uma criança, mas de três.

Ela sempre correu atrás dos seus sonhos e agora, também das melhores ondas do mundo.

do surf mae solteira 1

A história começa com um sábado ensolarado. Ela e os filhos se juntaram à uma iniciativa local para limpar a praia e foram juntos recolhendo todo o o lixo que encontravam. Depois disso, um pouco de surf.

Ela inspirou e mirou o mar. Estava feito. Há um mês atrás ela deixou seu conforto para usar o mundo como uma grande sala de aula para os seus filhos.

O que eles tinham? Uma passagem só de ida, uma conta bancária zerada e um sonho.

Claro, não foi nada fácil. A filha mais adolescente já chorou várias vezes, já arrumou suas malas e quis voltar para a casa. Ela sentia falta de seus amigos, da sua escola e do mundo que conhecia e estava cansada desse mundo que tinha apenas… água.

A ETAPA DE SURF EM TRESTLES VAI COMEÇAR E VOCÊ NÃO DEVERIA PERDER!

Os motivos para não deixar de acompanhar são vários, mas talvez o principal deles seja que a Brazilian Storm começou aqui! Se lembra?

Faltam apenas quatro etapas para o fim da temporada e a corrida pelo título mundial de 2017 permanece aberta. Este ano vem sendo apontado como um dos mais competitivos de todos os tempos. As sete disputas realizadas até o momento tiveram campeões distintos, o que só ocorreu três vezes na história, esquentando ainda mais a briga pela taça. O Circuito Mundial desembarca em Trestles, na Califórnia, para mais uma intensa disputa por posições no ranking. O defensor do título e da lycra amarela de número um na oitava de 11 paradas do Tour é o sul-africano Jordy Smith.
A chamada para avaliar as condições do mar para o início da competição foi ontem, mas ainda não haviam condições suficientes para começar. Hoje deve rolar uma nova tentativa.
1. Berço do Brazilian Storm
Há seis anos, o domínio do Brasil no QS [divisão de acesso] Prime de Trestles impressionou o mundo. Seis brasileiros foram às quartas de final [Miguel Pupo, Jadson André, Heitor Alves e Jessé Mendes]. Pupo levou a melhor ao derrotar o ídolo local Tanner Gudauskas na final, coroando a memorável campanha do país. O desempenho em 2011 fez surgir o termo “Brazilian Storm” [Tempestade Brasileira] para se referir à chamada geração de ouro do surfe verde e amarelo. Medina foi campeão do QS de Trestles em 2012 e, na sequência, Filipe Toledo alcançou o bicampeonato [2015 e 2016] em Lowers.
Relembre a vitória de Miguel Pupo pelo QS Prime em Lower Trestles, em 2011. Foi ali que surgiu o termo
2. Brasil nunca venceu em Trestles
Embora exista uma tradição de bons resultados no QS [divisão de acesso], na elite, o Brasil nunca venceu em Trestles. As conquistas do passado provam o potencial do país na etapa, que promete trazer uma nova definição no ranking. A etapa na Califórnia é a única prova na elite que nunca foi vencida por um brasileiro. Quem chegou mais perto foi Mineirinho, vice em 2015, após ser superado pelo australiano Mick Fanning.
Adriano de Souza foi o brasileiro que chegou mais perto do título na elite nos EUA. Ele só parou na final de 2015 diante de Mick Fanning
Adriano de Souza foi o brasileiro que chegou mais perto do título na elite nos EUA. Ele só parou na final de 2015 diante de Mick Fanning.

JÁ SABE ONDE VAI SURFAR NO FINAL DO ANO?!

Você quer surfar? Você pode! Existe surf, como existe água, e como existe vento – em todo lugar!

Tem para todos os gostos e tem de todos os tamanhos. Tem mar transparente e cidade paradisíaca e tem mar mais escuro, menos esverdeado e centro históricos. Tem de tudo um pouco e não falta beleza.

Separamos as 22 melhores ilhas de surf do mundo para você decidir em qual quer fazer sua busca e já começar as economias. São opções realmente não óbvias e algumas até diferentes do que vemos no campeonato profissional.

  1. Bali, Indonésia

Captura de Tela 2016-04-29 às 14.35.30.png

Muitos dizem que é o lugar com as melhores ondas do mundo. Desde 1970 vem recebendo surfistas que buscam a perfeição das ondulações e acabam se encantando pela simplicidade e graça da cultura Hindu.

  1. Tavarua, Fiji

Tavarua fiji

É uma das ilhas tropicais mais bonitas do mundo, hoje, já possui acomodações mais luxuosas especiais para surfistas, que são guiados para as ondas mais perfeitas e tratados de maneira calorosa.

  1. Thanburudhoo, Maldivas

Thanburudhoo Maldivas

Uma ilha banhada pelo oceano índico virou uma opção para os surfistas que gostam de ir mar adentro em busca das melhores ondas – que abrem para os dois lados. Uma ilha que antes era uma opção pouco conhecida e secreta para alguns privilegiados tornou-se uma das opções favoritas de diferentes surfistas, a falta de controle se tornou tão grande que os ministérios de Maldivas já está prevendo transformar em uma espécie de boutique para surfistas se hospedarem e irem surfar.

QUER MUDAR O PLANETA? MUDE VOCÊ MESMO PRIMEIRO.

Gentleness” Essa é a mensagem simples e encorajadora de Dave Rastovich para o Mundo.

Pisar leve!

Somos todos visitantes…

Esse [erfil de pessoas apaixonadas que têm gravitado pelo mundo para um estilo de vida mais consciente, a “The Way It Should Be” série conta as histórias desses moradores e sua conexão com a nosso planeta.

Advogando para o meio-ambiente [particularmente os oceanos] e vida marinha Rasta, no vídeo acima, discute a inspiração que ele atrai daqueles que evitam as velhas formas de fazer negócios, ou seja, colocar o lucro acima de tudo, e colocam a humanidade e o planeta em primeiro lugar.

O SURF PODE SER A SOLUÇÃO PARA OS MAIS DIFERENTES PROBLEMAS!

Ele, por exemplo, usou o surf para sair de uma depressão.

Internado na ala psiquiátrica.
Pensando em suicídio.
Quase morto de fome auto-induzida.
Refém de uma depressão não tratada.
Ansiedade.
Medo.
Ataques compulsivos.

Até a ajuda fazia mal a ele, tudo, absolutamente podia transformar sua dor em algo capaz de fazê-lo enxergar apenas o que tinha de nublado em sua frente.

Dormir não era uma tarefa possível.

Quem poderia imaginar que a depressão viria e viria dessa forma? Que quase o impossibilitaria de continuar vivendo?

do surf salvou 3.jpg

E veio.
Sem frases coerentes.
Sem novas informações para assimilar.
Muitos quilos a menos.
Frequência cardíaca muito baixa.
Miséria.
Vergonha.
Tristeza.
Por que continuar vivo nessas deploráveis condições?
Por que deixar sua família rodeada de tanto sofrimento??

QUER SURFAR? APRENDA OS SEGREDOS DOS PROFISSIONAIS!

Bom, o mundo dos negócios é cheio de artigos e infográficos sobre os hábitos e características do profissionais bem sucedidos, dos empreendedores de sucesso e dos milionários.

Mas como dinheiro não é exatamente o que te dá mais prazer e sim estar em constante contato com o mar decidimos detalhar as 3 características principais de todos os surfistas que realmente aproveitam o mar, são realizados e que se divertem MUITO na água.

do surf 3 caract 3.jpg

CARACTERÍSTICA 1: ELES POSSUEM RESILIÊNCIA

Se você digitar agora mesmo no google o significado de resiliência encontrará as duas opções abaixo:

  1. Propriedade que alguns corpos apresentam de retornar à forma original após terem sido submetidos a uma deformação elástica.
  2. Capacidade de se recobrar facilmente ou se adaptar à má sorte ou às mudanças.

Na prática, um surfista resiliente é aquele que sabe que o mar é o mestre e que terão quedas boas e ruins. Ele entende que tem dias em que ele vai cair mais, que as manobras não vão sair como ele gostaria e que nem sempre as ondas estarão perfeitas como na semana anterior. MAS MESMO ASSIM, ele vai se divertir, valorizar o fato de que treinou sua remada, melhorou seu joelinho, e ficar feliz por pelo menos ter caído no mar.

SURFOTOGRAFIA!

MOVIMENTE O SAL EM SUAS VEIAS! E mesmo quando não der para surfar, não deixe de se conectar com esse mundo líquido.

Selecionamos 12 perfis de Instagram para você seguir, se impressionar e estimular a salinidade que corre em suas veias [A ordem abaixo não está determinada por qualidade].

Clark Little

Captura de Tela 2016-01-31 às 18.58.20.png

Zak Nolye

Captura de Tela 2016-01-31 às 18.58.31.png

Brian Bielmann

Captura de Tela 2016-01-31 às 18.58.50.png

DICAS DE UM FREE SURFER PARA ACALMAR SEU DIA!

rasta yoga.jpg

“Não consigo descrever como meu corpo se sente no momento que pratico minha yoga. É Uma experiência quase que irracional” – Dave Rastovich

Ao longo de sua carreira como um Free surfer profissional, Dave Rastovich tem sido um ícone de estilo na vida dentro da água e na saúde. Depois de uma bem sucedida carreira do competidor amador, Rostovich consegue viver o sonho que poucos pensaram ser possível: ele viaja o mundo inteiro para surfar ondas perfeitas sem colocar uma camisa. Sem a pressão de perseguir títulos mundiais, Rostovich tem sido capaz de priorizar a sua própria saúde e entrar em contato com a natureza. Yoga, sem dúvida, tem desempenhado um papel significativo em sua vida, permitindo-lhe manter equilibrado tanto na água como fora dela. Assista ao vídeo abaixo para ver a Rastovich fazendo sua rotina de yoga pre-surf e conheça algumas das suas posições para incorporar na sua rotina também.

UMA DAQUELAS HISTÓRIAS PARA INSPIRAR SUA SEMANA!

Em menos de 4 minutos você vai conhecer esse sujeito que largou seu trabalho, casou-se com sua namorada, viajou para Sri Lanka, e fez um incrível filme sobre sua viagem:

No ano passado, Sebastian Linda deixou seu emprego, casou-se com sua namorada, foi para o Sri Lanka, e criou uma obra-prima inspiradora. Como se isso não bastasse para aguçar ainda mais sua vontade, Sebastian acrescentou algumas narrativas interessantes, embora provocadoras, do falecido Alan Watts. Este vídeo causou arrepios em nossa espinha, e ele mais do que provavelmente fará o mesmo a você!

Existe um mundo grande e bonito lá fora. Vá explorá-lo!

%d bloggers like this: