Categoria: Sem categoria

VOCÊ SABE REALMENTE O QUE É UM SURFISTA…?

Qual a intenção desse post? Apenas provar a evolução clara dos seres humanos:

Captura de Tela 2016-04-17 às 19.08.38.png

O surf é um esporte que você começa a amar antes mesmo de praticar… Uma vontade de ir para praia observar o mar, treinar a remada em dias flat, curtir um final de tarde começa a ser algo indispensável com o tempo. Até o dia em que você realmente pegar a prancha e sentir o mar salgado bater no rosto e a água empurrando seu corpo com velocidade… PREPARE-SE para mergulhar de cabeça em um vício sem tratamento.

É justamente neste ponto que começamos a nos sentir diferentes dos outros seres humanos. Não é atoa que a Billabong, criou um famoso slogan: Somente os surfistas sabem qual é a sensação [Em inglês: only surfer knows the feeling]

Surfar é abrir uma janela para um novo mundo cheio de aromas, cores, sabores e sentimentos, que não podem ser explicados em palavras. E nada pode descrever os impulsos internos de quando estamos dentro de um tubo.

Por esses e outros motivos chegamos à conclusão que somos uma espécie singular, temos algo em nosso DNA distinto dos nomeados seres humanos.

3.jpg

Mas afinal… Que diferenças são essas? E mais: Existem semelhanças, como em todos os contrastes?!

3 FILHOS E 1 PAIXÃO: O SURF!

Ela é mãe solteira.

Não de uma criança, mas de três.

Ela sempre correu atrás dos seus sonhos e agora, também das melhores ondas do mundo.

do surf mae solteira 1

A história começa com um sábado ensolarado. Ela e os filhos se juntaram à uma iniciativa local para limpar a praia e foram juntos recolhendo todo o o lixo que encontravam. Depois disso, um pouco de surf.

Ela inspirou e mirou o mar. Estava feito. Há um mês atrás ela deixou seu conforto para usar o mundo como uma grande sala de aula para os seus filhos.

O que eles tinham? Uma passagem só de ida, uma conta bancária zerada e um sonho.

Claro, não foi nada fácil. A filha mais adolescente já chorou várias vezes, já arrumou suas malas e quis voltar para a casa. Ela sentia falta de seus amigos, da sua escola e do mundo que conhecia e estava cansada desse mundo que tinha apenas… água.

PORQUE VOCÊ NÃO COMEÇA A SURFAR AGORA?

Afinal não tem nada que um dia de surfe não cure.

e1a9afd820bc73dbd61e3fda2423a4d9.jpg

MOTIVO 1: É um excelente exercício físico.
Podemos começar dizendo que é uma exclusiva maneira de se manter jovem. Além de exigir agilidade, resistência e melhorar a condição cardiovascular, o surf é um dos poucos esportes onde é possível trabalhar braços, abdômen e pernas de maneira quase simultânea favorecendo todos os grupos musculares do corpo.

Sem falar de toda consciência corporal que a prática pode oferecer, ajudando você a desenvolver equilíbrio, melhorar seus reflexos e a coordenação motora. Pra ser objetivo: Sim, dá pra perder peso – de maneira saudável – com a prática, agora dá até para não deixar a academia de lado quando estiver de férias na praia.

UM OLHAR INCOMUM NA CIÊNCIA DE KELLY SLATER E SUAS PRANCHAS DE SURF

Um verdadeiro olhar detalhado incomum na ciência por trás de toda ficção científica de Kelly Slater e suas pranchas de surf.

A ciência por trás de uma prancha de surf é um grande negócio. É cada vez mais difícil distinguir entre o que realmente funciona e o que é apenas um monte de besteira, e é por isso que é extraordinariamente útil – para aqueles interessados, pelo menos – ter uma explicação simples do que realmente está acontecendo em baixo da água.

É aí que Riccardo Rossi, um cientista italiano que trabalhou extensivamente com CFD, ou dinâmica de fluídos computacional, entra. Vamos ser honestos: essa merda fica complicada. Ele se sentou com a equipe da Firewire e – em termos leigos – explicou um monte de coisas que afetam o cotidiano de um surfista, tais como: o que está acontecendo com a água, a forma do bloco, o que pequenas mudanças proporcionam e como, exatamente, afetam o desempenho de uma prancha de surf.

DAVE RASTOVICH E SUAS PALAVRAS INSPIRADORAS PARA O PLANETA.

Gentleness” Essa é a mensagem simples e encorajadora de Dave Rastovich para o Mundo.

Pisar leve!

Somos todos visitantes…

Esse [erfil de pessoas apaixonadas que têm gravitado pelo mundo para um estilo de vida mais consciente, a “The Way It Should Be” série conta as histórias desses moradores e sua conexão com a nosso planeta.

Advogando para o meio-ambiente [particularmente os oceanos] e vida marinha Rasta, no vídeo acima, discute a inspiração que ele atrai daqueles que evitam as velhas formas de fazer negócios, ou seja, colocar o lucro acima de tudo, e colocam a humanidade e o planeta em primeiro lugar.

ELES SABEM O QUE É A PERFEIÇÃO MÁXIMA DO SURF.

Foto 1 - Dosurf:baterias perfeitas de 20 pontos.png

Já é difícil conquistar, em uma bateria, o cobiçado e elusivo perfeito 10. Agora, o que podemos dizer de conquistar dois deles na mesma bateria?! É TÃO RARO que foram conquistados apenas 9 vezes na historia do campeonato mundial:

  • Kelly Slater – 3 vezes
  • Joel Parkinson – 2 vezes
  • Owen Wright – 2 vezes [Na mesma etapa]
  • Jeremy Flores – 1 vez
  • Shane Beschen – 1 vez  [Ainda no formato antigo]

Separamos as baterias perfeitas, obtendo a pontuação máxima possível atingindo os 20 pontos em possíveis 20.

Kelly Slater – Billabong Tahiti Pro – 2016 – 5 round

Owen Wright – Fiji pro 2015

Owen foi além, conseguiu fazer a pontuação máxima duas vezes no mesmo campeonato. No Round 5 e na grande final e levando a etapa da maneira mais justa possível.

SAIBA PORQUE TUBARÕES PODEM NÃO SER O VERDADEIRO PERIGO…

O filme Águas Rasas está nos cinemas e por isso o assunto sobre tubarões voltou para a pauta. Recentemente inclusive ataques de tubarão branco foram registrados na Austrália.

Relembre aqui outro post sobre o tema.

2015 foi o pior ano no que diz respeito ao registro de ataques de tubarões em humanos. Foram 98 ataques, sendo que 6 deles resultaram em morte.

Dois principais Motivos que geraram os ataques:

  • Aquecimento das temperaturas nos oceanos
  • Aumento considerável da população humana

Ataques contra os humanos ainda são muito raros e há maneiras de você ficar mais seguro. Mas como podemos evitar ataques de tubarão?

SUA PRANCHA EM OITO PARTES – PARTE 7

Já ouviu falar do foil?

Pois ele é a distribuição da espessura da prancha ao longo da longarina, com as medidas de espessura do meio, do bico e da rabeta e de pontos intermediários. Ajustes no foil são feitos com o objetivo de adaptar a prancha ao modelo desejado e a necessidades e características do surfista.

Geralmente baseada pelo peso de quem vai usar a prancha. Quanto mais pesado o surfista, mais grossa a prancha precisa ser.

Foil.png

Parece fácil né? Agora você só precisa entender mais das 6 partes anteriores que já mencionamos:

SEJA BEM VINDO!

No site Do Surf você encontrará aquela boa onda da série que fará os surfistas de qualquer nível se conectarem com sua paixão e encontrarem conteúdos que os levem de volta para a sensação de um dia épico de ondas.
As dicas para pegar sua primeira onda, preparar seu corpo para a prática ou para conseguir planejar seu bate-volta e sua surftrip estão disponíveis nos canais para os amadores, inciantes, trintões e mulheres.

Tem imagens e boas histórias: tudo que você precisa para sentir o sal se movimentar nas suas veias.

%d bloggers like this: