JÁ PENSOU EM SER ATLETA? ENTENDA OS DESAFIOS.

Nosso querido Adriano de Souza, campeão mundial de surf de 2015, nos ajuda a explicar os desafios com sua jornada!

do surf mineirinho saquarema 1.png

Em 2015, Mineirinho foi campeão mundial, em 2016 não ganhou nenhuma etapa e agora relembra o sabor da vitória na etapa do Rio de Janeiro em Saquarema.

Ele bateu todos os recordes do campeonato nas quartas de final, barrou a sensação Yago Dora na semifinal e derrotou Adrian Buchan por 17,63 a 17,23 pontos para festejar seu segundo título no Rio de Janeiro. O primeiro tinha sido em 2011 e agora passa a dividir a liderança no ranking com o sul-africano Jordy Smith e o australiano Owen Wright. Os três vão chegar na próxima etapa em Fiji, apenas 350 pontos abaixo do havaiano John John Florence.

Eu não sentia o gosto do pódio desde dezembro de 2015 e batalhei muito, como todos sabem. Essa é a jornada de um atleta, de você se dedicar e não alcançar seus objetivos, mas nunca desisti deles, sempre acreditei e mostrei muita determinação até mesmo nos momentos mais difíceis. Acho que isso mostra como é o nosso país, que, mesmo vivendo na dificuldade, a gente sai todo dia para trabalhar com sorriso no rosto e carregando essa bandeira no peito. Graças a Deus cheguei aqui no pódio, na frente de todos vocês, para comemorar mais uma vitória” – comentou o camisa 13.

TREINO MATINAL PARA O SURF TÁ DIFÍCIL? TEMOS BOAS NOTÍCIAS!

Sim, surfar é para todos. Qualquer pessoa, dos 3 aos 70 anos pode subir em uma prancha e deslizar pelas ondas. Sim, existem surfistas com barriga de cerveja e há exemplos como o próprio John John Florence que não faz nenhum outro exercício além de surfar as ondas de Pipeline.

Captura de Tela 2016-04-21 às 22.38.47.png

MAS… Treinar pode mudar sua experiência na água. E se treinar não for sua praia, trate a prática como um passo para que você possa fazer mais daquilo que mais ama fazer: surfar. E acredite, seus músculos irão agradecer e sua chance de se lesionar pode diminuir consideravelmente.

Além disso, para aqueles que moram nas grandes cidades, e nem sempre podem descer para o litoral, o treino pode ser vital e servir de preparo para quando o swell entrar e a agenda permitir.

Acreditamos no surf como estilo de vida e ter o esporte como objetivo e espaço para desenvolvimento físico e mental pode ser seu grande trunfo para fazer dessa jornada, algo melhor e que vai além da compreensão humana. E é por isso, que trouxemos 12 dicas para você se tornar uma pessoa que treina – na parte da manhã, para nem o trabalho e nem o trânsito te atrapalharem no processo de se melhorar para subir na prancha.

1acf14fa69020755e29a4ede720103c6.jpg

É preciso de força para remar, de resistência para nadar, de condicionamento para respirar, de flexibilidade para manobrar e de equilíbrio para continuar de pé enquanto a onda se exibe – é preciso treinar!

UM APRENDIZ DE SURF COM MAIS DE 3 DÉCADAS? PODE E DEVE!

ELE APRENDEU A SURFAR COM 30 ANOS: E ESSE É O SEU DEPOIMENTO! Afinal, nunca é tarde para um batizado de água puramente salgada.

Ok, sua ambição não era ser o próximo campeão mundial. E considerando que o esporte é bastante exigente, ele teve de aceitar que seria apenas um bom surfista, e nada além disso [isso também significa evolução].

do surf depois dos 30.jpg

Não foi um ato de coragem involuntário no abismo das possibilidades que o colocou em cima da prancha. Era um sábado de Julho quando um instrutor de surf o empurrou em sua primeira onda e ensinou a ele como remar, dropar e arquear as costas.

Mas não havia nenhum controle racional sobre aquele momento. Seu corpo apenas respondia com leveza e se movimentava apenas conectado pela beleza do oceano.

“POR QUE EU NÃO FIZ ISSO ANTES E POR QUE NÃO PASSEI A VIDA INTEIRA FAZENDO?!?!” Seu cérebro urrava e o professor [mais novo que ele] apenas sorria mostrando que entendia plenamente aquela sensação.

VIDA DE SURFISTA PROFISSIONAL É FÁCIL!?

Seguimos em crise? Já sabemos!

Problemas sem resolução na política? Também estamos acompanhando.

Poucos patrocinadores no surf? Por essa nós não esperávamos. São 32 atletas e quase 1/3 [9] só de brasileiros com dificuldades de se manter no circuito mundial.

A crise no Brasil tem sido devastadora e sim, mesmo com o número considerável de atletas vencedores no surf, o esporte também tem perdido muitos patrocinadores. Até mesmo a etapa de Saquarema teve dificuldades para conseguir apoio comercial para acontecer.

do surf dificil patrocnio 1

Quando estamos de fora, ficamos sonhando em viajar o mundo, surfar e ainda ganhar por isso. Contudo, quando colocamos na ponta do lápis, fica claro: participar do campeonato mundial é MUITO caro.

DÁ PRA SER SAUDÁVEL GASTANDO POUCO SIM!

do surf saudavel gastando pouco 3.jpg

Há quem acredite que é preciso gastar muito para ser uma pessoa saudável, ou que ser saudável é um privilégio de quem tem dinheiro.

Mas hoje em dia, não necessariamente. Talvez na parte de alimentação ainda seja mais caro e complicado, MAS, nos arriscamos a sugerir que o seu principal gasto na vida deveria ser com saúde, afinal, sem ela, você não tem nada. Não adianta nada ter dinheiro e não ter saúde, ter uma boa família e não poder aproveita-los por conta de uma doença e por aí vai…

Separamos cinco sugestões para uma vida mais saudável e sem grandes custos. Confira abaixo:

FAÇA EXERCÍCIOS EM CASA

Sim, essas possibilidades existem e não são uma piada!
Tem aplicativos de academias que fornecem aulas online coletivas de mais ou menos 20 min. gratuitamente: pilates, funcional, abdominal, alongamento, yoga, e também treinamentos guiados por personal trainers, instrutores gerais estão disponíveis no Youtube.

Claro, que os apps incentivam o tempo todo que você faça compras para desbloquear outras funcionalidades, mas você consegue usufruir deles sem isso. Como as opções são muitas, você consegue inclusive variar os exercícios e não enjoar.

Fora isso, nós compartilhamos uma série de circuitos que podem ajuda-lo a treinar na sua sala sem pagar nenhuma academia!

O SURF É INDIVIDUAL E TAMBÉM COLABORATIVO!

Sim, o surf é um esporte individual.

Contudo, em uma mesma pista podemos ter vários e vários surfistas ao mesmo tempo, e sem um mínimo de colaboração e respeito – ninguém surfa.

Sem respeitar as regras de ouro do convívio, os surfistas podem, além de tudo, se machucar feio.

Além dessa perspectiva é possível ver a colaboração entre os indíviduos apaixonados no processo de manutenção da natureza, já que sem ela, também não poderemos praticar nosso esporte favorito.

Por acreditar em tudo isso que hoje compartilhamos a história da surfista Potira.

A batalha de Potira

Comunidade do surf se mobiliza para ajudar garota diagnosticada com doença rara.

Praticante de surf e aluna da escolinha XPro, coordenada pelo legend Gabriel Macedo em Ilhéus, a pequena Potira, de apenas 12 anos, precisa de ajuda para o tratamento de uma doença rara e muito agressiva.

SURF: AS VEZES É MELHOR NEM TENTAR ENTENDER…

Surfistas ou as pessoas que simplesmente tiveram uma pequena amostra do que é deslizar sobre as ondas, seja de pé, deitado, de joelhos e até sem prancha sempre tentaram descrever o que é o surf e como ele é capaz de transcender o esporte em si e se configurar como um estilo de vida.

Mas… Sinceramente? É impossível descrever ou colocar em palavras a sensação sem antes ter provado o verdadeiro sabor da água salgada.

Para você que nunca surfou, seja bem vindo à um mundo líquido, onde a conotação aqui imposta nada tem a ver com superficialidade ou fragilidade e sim com a impossibilidade de contemplação a olho nu.

entanda o surf 1.jpg

Podemos até tentar falar sobre o momento em que você vê a onda lá atrás, sente a adrenalina do seu corpo crescer e censurar qualquer tipo de racionalidade. Pouco antes de se perder na lisergia aquática podemos tentar resgatar a memória quando você sente as pernas bambas com a força da água que faz a prancha tremer, ressignificando o que seus pés conheciam como superfície. E mesmo assim não seria suficiente.

Podemos falar daquela onda, aquela que aumenta tão rápido quanto se aproxima, tão poderosa e perfeita que possibilita um estado de relação rápido porém intenso e uma oportunidade única de sintonia completa com a natureza. Não é possível simular a entrega ao prazer de cruzar uma parede verde e cristalina e produzir ali uma arte absolutamente individual. É o seu nome, sua assinatura e uma certeza no peito de que aquela onda foi concebida especialmente para você.

75b4692acd8c59f143d079a462a1fd2d.jpg

As palavras se tornam miseráveis, afinal a ligação entre o surfista e a onda ainda não pôde ser configurada em nenhum tipo de religião, crença ou fanatismo mas com certeza não é algo desse mundo.

TODO SURFISTA PRECISA TER CUIDADO!

Quem surfa sempre conhece alguém que tem a lombar estourada, já machucou feio o ombro ou já ouviu alguma história sobre um joelho ou tornozelo que foi pro ralo.

O surf, por ser um esporte praticado na natureza, parece mais fluido do que realmente é. Como nossa queda acontece na água e não no asfalto como acontece no skate, muitas vezes a dor não é percebida. E realmente, no curto prazo nada vai acontecer com você.

Do surf treino cuidados 2

É importante não só você aprender a cair como também você fortalecer seu corpo SEMPRE para que os músculos fracos não te tragam problemas depois do surf. Todo e qualquer treinamento voltado para o CORE é fundamental, mas não podemos esquecer de fortalecer o abdômen para poupar a lombar, deixar as pernas firmes para evitar compensar no joelho e claro, alongar e cuidar do nosso ombro como se não houvesse amanhã.

Inclusive se tiver interesse em saber mais do treinamento funcional Do Surf não deixe de nos enviar um e-mail: contato@equipedosurf.com

Mas para você não ficar muito preocupado[a], vamos esclarecer uma dúvida muito comum: Quando as articulações estalam significa que existem algum problema de curto ou longo prazo vindo por aí?

Na verdade não! Os estalos que não são acompanhados de dor não trazem problema e são muito comuns em joelhos e quadris.

13 RAZÕES QUE JUSTIFICAM NOSSO AMOR PELO SURF…

Os motivos para amar o surf são tantos que escolher só 13 foi difícil, mas vamos lá! Se tiver mais motivos é só comentar aqui 😉

Do surf 13 reasons

MOTIVO 1: O SURF É PARA TODOS!

Um dos motivos que mais nos faz amar o surf é que um esporte e um lifestyle para todos. Crianças, adultos, idosos, homens, mulheres e até pessoas com alguma limitação física podem pratica-lo sim! Não importa sua origem ou sua crença, entrar no mar e pegar umas ondinhas é permitido para quem quiser experimentar.

MOTIVO 2: FAZ BEM PRA SAÚDE

Assim como qualquer atividade física, o surf faz bem para saúde: melhora seu condicionamento físico fortalece abdómen, ombros, pernas e até tornozelos. Por ser um esporte ao ar livre você ainda se beneficia por respirar o ar puro e como é também um esporte que exige calma e paciência melhora até sua oxigenação cerebral.

MOTIVO 3: NOS COLOCA EM CONTATO COM A NATUREZA

Quanto mais precisamos de dinheiro para sobreviver – porque mais cara as coisas ficam – mais nos desconectamos da natureza. Pouco a pouco vamos nos conformando que lugares fechados são mais seguros e nos distanciamos do gosto pelos pés sujos de areia e quando chegamos no mar – só molhamos os pés e partimos. A natureza faz parte de nós e explica muito sobre nossos hábitos e dificuldade, entendê-la é necessário e apreciá-la é uma dádiva.

VOCÊ SABE REALMENTE O QUE É UM SURFISTA…?

Qual a intenção desse post? Apenas provar a evolução clara dos seres humanos:

Captura de Tela 2016-04-17 às 19.08.38.png

O surf é um esporte que você começa a amar antes mesmo de praticar… Uma vontade de ir para praia observar o mar, treinar a remada em dias flat, curtir um final de tarde começa a ser algo indispensável com o tempo. Até o dia em que você realmente pegar a prancha e sentir o mar salgado bater no rosto e a água empurrando seu corpo com velocidade… PREPARE-SE para mergulhar de cabeça em um vício sem tratamento.

É justamente neste ponto que começamos a nos sentir diferentes dos outros seres humanos. Não é atoa que a Billabong, criou um famoso slogan: Somente os surfistas sabem qual é a sensação [Em inglês: only surfer knows the feeling]

Surfar é abrir uma janela para um novo mundo cheio de aromas, cores, sabores e sentimentos, que não podem ser explicados em palavras. E nada pode descrever os impulsos internos de quando estamos dentro de um tubo.

Por esses e outros motivos chegamos à conclusão que somos uma espécie singular, temos algo em nosso DNA distinto dos nomeados seres humanos.

3.jpg

Mas afinal… Que diferenças são essas? E mais: Existem semelhanças, como em todos os contrastes?!

%d bloggers like this: